quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Desertor do 'Estado Islâmico' relata estratégia de terror na Síria


Um desertor do autodenominado "Estado Islâmico" disse que se juntou ao grupo "por medo", mas que alguns integrantes "realmente acreditam que matar e torturar é uma forma de espalhar o Islã". O grupo controla partes da Síria e do Iraque e tornou-se conhecido pelo mundo pela decapitação de reféns ocidentais em vídeos postados na internet.

Fonte: BBC Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário